Hidrelétrica Teles Pires: Energia Eficiente

Categoria: Especiais


CHTP e o dia da Árvore

21/09/2016. Publicado em Meio-Ambiente, Notícias.
Porque plantar faz bem para o mundo!

Porque plantar faz bem para o mundo!

Continuar lendo esta matéria »

INFORME CHTP – Fim de obra

15/01/2016. Publicado em Destaque, Especiais, Meio-Ambiente, Notícias, Novidades.

INFORME CHTP

A Companhia Hidrelétrica Teles Pires vem a público esclarecer que não existe qualquer processo de contratação de trabalhadores por parte da CHTP ou da Odebrecht. Aproveitamos para reafirmar que a obra já foi concluída e que atualmente a hidrelétrica está em fase de operação comercial enquanto a Odebrecht está realizando a desmobilização de toda sua mão de obra.

Qualquer dúvida entre em contato com nossa ouvidoria pelo telefone 0800 647 2177 ou pelo nosso e-mail: ouvidoria@uhetelespires.com.br

Companhia Hidrelétrica Teles Pires

Energia Eficiente!

Continuar lendo esta matéria »

Informativo Supressão Vegetal – UHE Teles Pires

A Companhia Hidrelétrica Teles Pires (CHTP), realizou antes do enchimento do reservatório, o Estudo de Modelagem da Qualidade da Água, que indicou as áreas do reservatório que seriam suprimidas. Em seguida, foi executado o trabalho de supressão vegetal, que incluiu o corte e a retirada do material lenhoso das áreas definidas pelo Estudo de Modelagem da Qualidade da Água. Esse processo iniciou em junho de 2013 e terminou em outubro de 2014. De lá pra cá a CHTP vem realizando um constante monitoramento das áreas suprimidas e não suprimidas, bem como a limpeza de algumas áreas do reservatório.

Ao todo, quatro empresas foram contratadas para realizar o trabalho de supressão, tanto no canteiro de obras quanto no reservatório. Essa limpeza foi executada conforme as orientações definidas no Estudo de Modelagem da Qualidade da Água, e nas autorizações de supressão da vegetação (ASV’s) aprovados pelo Ibama. Ou seja, foi retirada toda a vegetação necessária e indicada no plano de supressão vegetal da Hidrelétrica Teles Pires.

Em algumas áreas, não houve a necessidade de suprimir a vegetação. Esse procedimento foi importante, entre outros fatores, para garantir a fuga e o resgate de animais; a manutenção e estabilização das encostas e barrancos no entorno do lago; além de servir de berçário para os futuros peixes do reservatório. A supressão parcial em algumas áreas do reservatório foi prevista no licenciamento ambiental. Tais pontos de atenção identificados não apresentam qualquer ameaça à qualidade da água ou à ictiofauna.

Após o término do enchimento do reservatório, que durou 27 dias (14/12/14 a 10/01/15), o Ibama realizou vistorias na área do reservatório e constatou a necessidade de se realizar algumas atividades referentes à supressão e a intensificação de outras, o que foi prontamente atendido.

O material lenhoso, retirado das áreas suprimidas, foi direcionado para os pátios de estocagem e encontra-se aguardando uma definição quanto à sua destinação final. Alguns desses pátios foram parcialmente atingidos pela água. Isso ocorreu devido as constantes chuvas na região que caíram com maior intensidade durante a fase final do enchimento do reservatório. Assim que a CHTP detectou esse problema, as equipes de supressão foram acionadas e os pátios, bem como galhadas e troncos de áreas de pastagens que foram encontrados flutuando no reservatório, foram integralmente realocados e removidos para fora do lago.

Atualmente a CHTP finaliza as duas últimas unidades geradoras enquanto aguarda a conclusão da linha de transmissão que está sendo executada por outro consórcio. Com o reservatório limpo e constantemente monitorado por equipes dos programas de monitoramento ambiental, a Hidrelétrica Teles Pires, em breve, disponibilizará ao país 1820 MW de energia que entrarão no Sistema Interligado Nacional (SIN). Esse potencial energético seria o suficiente para abastecer os estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul juntos.

Confira abaixo as fotos do reservatório da UHE Teles Pires após o processo de limpeza.
(Clique nas imagens para ampliá-las).

Continuar lendo esta matéria »

BOLETIM INFORMATIVO DA COMPANHIA HIDRELÉTRICA TELES PIRES- VOLUME 15

10/06/2015. Publicado em Especiais, Informativos.

Clique aqui para fazer o download do boletim informativo. (Arquivo PDF).

Para abrir o documento acima, é necessário ter instalado no seu computador o Adobe Reader. Clique aqui para fazer o download.

Continuar lendo esta matéria »

BOLETIM INFORMATIVO DA COMPANHIA HIDRELÉTRICA TELES PIRES- VOLUME 14

31/08/2014. Publicado em Especiais, Informativos.
14º informativo

Clique aqui para fazer o download do boletim informativo. (Arquivo PDF).

Para abrir o documento acima, é necessário ter instalado no seu computador o Adobe Reader. Clique aqui para fazer o download.

Continuar lendo esta matéria »

BOLETIM INFORMATIVO DA COMPANHIA HIDRELÉTRICA TELES PIRES-VOLUME 13

22/08/2014. Publicado em Especiais, Informativos.
13INFORMATIVO

Clique aqui para fazer o download do boletim informativo. (Arquivo PDF).

Para abrir o documento acima, é necessário ter instalado no seu computador o Adobe Reader. Clique aqui para fazer o download.

Continuar lendo esta matéria »

BOLETIM INFORMATIVO ESPECIAL COMPANHIA HIDRELÉTRICA TELES PIRES – VOLUME 12

08/01/2014. Publicado em Especiais, Informativos.
Capa

Clique aqui para fazer o download do boletim informativo. (Arquivo PDF).

Para abrir o documento acima, é necessário ter instalado no seu computador o Adobe Reader. Clique aqui para fazer o download.

Continuar lendo esta matéria »

BOLETIM INFORMATIVO COMPANHIA HIDRELÉTRICA TELES PIRES – VOLUME 11

16/12/2013. Publicado em Especiais, Informativos.
Informativo 11

Clique aqui para fazer o download do boletim informativo. (Arquivo PDF).

Para abrir o documento acima, é necessário ter instalado no seu computador o Adobe Reader. Clique aqui para fazer o download.

Continuar lendo esta matéria »

BOLETIM INFORMATIVO COMPANHIA HIDRELÉTRICA TELES PIRES – VOLUME 10

19/06/2013. Publicado em Especiais, Informativos.
Capa Informativo 10

Clique aqui para fazer o download do boletim informativo. (Arquivo PDF).

Para abrir o documento acima, é necessário ter instalado no seu computador o Adobe Reader. Clique aqui para fazer o download.

Continuar lendo esta matéria »

Programa de Educação Ambiental é apresentado aos moradores do Assentamento São Pedro

28/02/2013. Publicado em Meio-Ambiente, Notícias, Novidades.
S

Os moradores do Assentamento São Pedro, em Paranaíta, conheceram detalhes do Programa de Educação Ambiental (P.42) do Projeto Básico Ambiental (PBA) da UHE Teles Pires. O encontro foi realizado na Comunidade Rio Jordão e contou com a participação de 48 moradores da região e  representantes da Companhia Hidrelétrica Teles Pires (CHTP) e Walm – Engenharia e Tecnologia Ambiental, empresa contratada para desenvolver as ações nos municípios de Paranaíta (MT), Alta Floresta (MT) e Jacareacanga (PA).

Durante o encontro, o gerente de Socioeconomia e gestor do programa, Paulo Novaes reforçou aos presentes a importância da participação de toda comunidade. “Está não é uma via de mão única. Estamos disponibilizando  uma equipe e queremos a participação da comunidade”. A importância da mata ciliar, preservação das nascentes e áreas de preservação permanente (APPs) serão alguns temas abordados  com os produtores rurais.

Morador há 10 anos do Assentamento São Pedro, João Francisco, que possui propriedade de 16 alqueires sabe bem a importância do trabalho de educação ambiental. “Proteger as nascentes é proteger a vida. Sem água não temos gado”, disse. De acordo com o morador, desde o começou da construção da usina, a Hidrelétrica Teles Pires tem feito várias ações que estão beneficiando os moradores de Paranaíta. “As pessoas precisam participar, a Usina está nos mostrando um caminho. Já veio tanta coisa boa pra gente, como o posto de saúde no assentamento. Agora estão reformando o viveiro de mudas. Não podemos deixar de lado este trabalho”, conclama o morador.

Em sua apresentação aos moradores, a representante da Walm, Márcia Nunes reforçou aos presentes que ter ar puro, água de qualidade faz parte da educação ambiental. “Se soubermos utilizar os recursos de forma racional, teremos qualidade de vida”. Márcia lembrou que ao participar do o Programa de Educação Ambiental (PEA) os moradores estão contribuindo e participando de forma ativa do desenvolvimento da cidade, com opiniões, críticas e sugestões.

Continuar lendo esta matéria »