Hidrelétrica Teles Pires: Energia Eficiente

CHTP promove 1ª reunião do Conselho Gestor do Projeto de Revitalização do PA São Pedro

10/10/2016. Publicado em Imprensa, Notícias, Novidades.

A Companhia Hidrelétrica Teles Pires (CHTP) promoveu no dia 06 de outubro a 1ª Reunião do Conselho Gestor do Projeto de Revitalização do Assentamento São Pedro (Prasp). Nesse encontro, foi definida a comunidade onde será construída a sede do centro comunitário que vai atender os moradores da gleba em diversas atividades e ainda vai alojar cooperativas mistas que utilizarão o espaço para venda e escoamento da produção local.

Em votação, os membros do Conselho escolheram a comunidade Jardim do Éden para abrigar o prédio do futuro centro que é uma das várias benfeitorias que o Prasp vai levar ao assentamento. Nos próximos três anos esse projeto vai destinar cerca de R$ 8 milhões de reais em investimentos por meio de recursos alocados pela CHTP junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Também está em andamento, o diagnóstico socioeconômico dos moradores das 21 comunidades que compõem o assentamento. “Esse levantamento servirá para reunir informações sobre o número de moradores, o que cultivam e comercializam, além de outros dados importantes para o desenvolvimento e fomento da cadeia produtiva da região”, atesta a coordenadora de Socioeconomia da CHTP, Marcileny Miranda.  Para essa semana, estão previstas atividades de apoio à elaboração do estatuto de uma cooperativa mista.

O Prasp vai atuar em cinco frentes por meio dos programas de Gestão, Organização Espacial, Produtivo, Garantia de Direitos Sociais e Garantia de Direitos Ambientais que abrangem ações de recuperação e manutenção de estradas, construção de centro comunitário, diagnóstico socioeconômico e ambiental, fortalecimento da cadeia leiteira e da agroindústria, incentivo a produção de hortaliças, capacitações e assistência técnica, aquisição de patrulhas mecanizadas, georreferenciamento e Cadastro Ambiental Rural (CAR), titulação definitiva de posse da terra, zoneamento ambiental, implantação de unidades demonstrativas, recuperação de nascentes e áreas degradadas entre outras atividades que vão atender mais de 700 famílias.

O Conselho Gestor do Prasp tem atribuição consultiva, informativa e fiscalizadora com objetivo de garantir resultados na aplicação dos recursos para promover o desenvolvimento do assentamento. Além das lideranças comunitárias do assentamento São Pedro, também fazem parte do Conselho representantes da CHTP, da Prefeitura de Paranaíta, Instituto Centro Vida (ICV) e Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). As ações do Prasp são desenvolvidas pela CHTP em parceria com Prefeitura Municipal de Paranaíta, ICV, Empaer, Gaia Social e  Incra.


Deixe seu comentário