Hidrelétrica Teles Pires: Energia Eficiente

Estudantes e professores da Unemat realizam visita técnica à Usina Teles Pires

09/11/2018. Publicado em Imprensa, Notícias, Novidades.

Um grupo formado por professores e alunos da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) visitou a Usina Hidrelétrica Teles Pires, no dia 31 de outubro, com objetivo de conhecer o processo de licenciamento e os programas ambientais desenvolvidos pelo empreendimento localizado na divisa dos municípios de Paranaíta (MT) e Jacareacanga (PA).

Dezesseis professores e estudantes de Engenharia Florestal e pós-graduandos em Biodiversidade e Agrossistemas Amazônicos tiveram a oportunidade de participar de uma série de atividades com profissionais da UHE Teles Pires. Além de conhecer as instalações do empreendimento, o grupo assistiu a uma palestra em que foram abordados diversos temas sobre a operação do empreendimento, as medidas de segurança, programas ambientais, instalação de grades anticardumes para proteção da ictiofauna (peixes) e geração e distribuição de energia.

Durante a visita, a equipe da UHE Teles Pires também apresentou as atividades dos programas de Recomposição Florestal e de Implantação de Áreas de Preservação Permanente desenvolvidos pela Companhia Hidrelétrica Teles Pires (CHTP), consórcio responsável pela operação da usina. Os programas contemplam, até 2023, ações para regeneração natural e recomposição florestal de aproximadamente quatro mil hectares no entorno do reservatório e demais áreas do empreendimento. A estimativa é de realizar o plantio de cerca de três milhões de mudas de espécies nativas.

Outra iniciativa apresentada durante a visita foi o programa de gerenciamento de resíduos, que inclui iniciativas para tratamento dos afluentes, coleta seletiva e destinação adequada dos resíduos gerados na usina.

Doutora em Engenharia Florestal e professora da Unemat, Juliana Garlet, comentou sobre a importância em buscar atividades práticas relacionadas aos temas abordados em sala de aula. “Viemos com o objetivo de conhecer as medidas de mitigação e os programas de monitoramento ambientais realizados por um empreendimento de grande porte que passou pelo processo de licenciamento e avaliação de impactos ambientais na Amazônia”, disse.

A CHTP viabiliza o desenvolvimento de projetos ambientais que buscam a preservação da fauna, flora, água e solo na região com o objetivo de amenizar possíveis modificações que ocorreram em seu meio.

Sobre a UHE Teles Pires

A Usina Hidrelétrica Teles Pires, construída no Rio Teles Pires, afluente do rio Tapajós, na fronteira dos estados do Pará e Mato Grosso, nos municípios de Jacareacanga (PA) e Paranaíta (MT) tem potência instalada de 1.820 megawatts, energia suficiente para abastecer uma população de cinco milhões de habitantes.


Deixe seu comentário